sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

[Literáriamente - Resenha] Ink Me

Olar olar, tudo bem com vocês? As festas foram boas? Espero que sim!
Mas vamos para a primeira resenha do ano? Vamos!
Vai ser do livro Ink Me, da Ivanka Majewski. Vamos lá❤

             
Título: Ink Me
Autora: Ivanka Majewski
Páginas: 338
Editora: Amazon (publicação independente)
Nota: ✩✩✩✩✩★
Sinopse: "Cara Wilson é uma artista viciada em controle e coberta em dívidas, que vive de aluguel em um pulgueiro. Tem uma vida dura, um salário que mal paga a comida, e um passado cheio de complicações. 
Após perder todas as oportunidades de emprego, Cara encontra a luz do fim do túnel no Ink Me, um estúdio de tatuagem no centro de Toronto, popular como seu dono frio, irônico e debochado, Derek Jones. 
Vulgarmente conhecido como Hammer, Derek é o típico personagem durão e desprovido de sentimentos, orgulhoso e em uma luta eterna com seus fantasmas do passado, como um grande segredo sobre sua família, uma terrível lembrança de sua ex-namorada e um alter ego perigosíssimo.
Será que Cara e Derek, tão diferentes, se destruirão em orgulho e controle? Ou eles travarão uma luta muito maior do que o Ink Me? Uma leitura cheia de orgulho, desejo, traumas, poder e obsessão. Como uma tatuagem, Ink Me vai marcar você."



Que livro maravilhoso, minha nossa!

Nele conhecemos Cara, que após perder todas as oportunidades de emprego se encontra desesperada e Julius, seu melhor amigo, lhe dá a luz no fim do túnel. Cara começa a trabalhar em um estúdio de tatuagem com um chefe grosseiro, Derek "Hammer" Jones. E se você pensa que esse é mais um livro onde o grosseiro conquista a mocinha e vivem felizes para sempre, você está errado. Até porque Cara não é uma mocinha indefesa, Cara é uma mulher forte. E bem, Derek é realmente um grosso, mas tudo tem um porquê.

Assim que começa a trabalhar no estúdio, Cara se destaca e causa admiração nos seus colegas e inveja em Carlie, uma menina mimida e apaixonada por Derek. A história deveria ser sobre o casal, mas a forma que a Iva construiu os personagens secundários foi divino, já que eu me vi encantada com as particularidades de cada um. Chancho, Love u!

A forma que foi construído o amor do casal também foi linda, não foi aquele clichê sabe? Teve amadurecimento, confiança e respeito e após eles aprenderem isso veio o amor e devo dizer que me senti feliz demais com o final, melhor impossível.

"O segredo para ser feliz é aceitar que todas as coisas que acontecem, tem um motivo. Uma porta fechada, uma demissão, uma perda, um término, um luto. O lugar onde você está hoje, com as pessoas que convive e a vida que leva fazem parte de um conjunto decisões diretas e indiretas. E a sua felicidade pode estar no final daquele dia onde tudo pareceu dar errado."
O mistério que envolvia a vida de cada um também foi um ponto chave na história, já que para vivermos o futuro temos que deixar o passado no passado. Foi sofrido, mas gratificante!

Esse livro além de ter sido perfeito(5✩) virou meu predileto(★), então obvio que super indico, né gente? Ele está um preço mais que camarada no Amazon. Comprem e se apaixonem por esse casal explosivo😍