domingo, 14 de maio de 2017

[Parafraseando] Feliz Dias Das Mães

Essa sou eu e minha mainha lindaaa!

Como é difícil falar de mãe, não é? Porque mãe é tão inteira, tão completa e tão especial que é difícil descrever.



Mas começo com a gratidão, gratidão porque se não fosse ela, não estaríamos aqui. Se não fosse sua atenção, carinho e amor, não chegaríamos onde chegamos.É gratidão que transborda, porque mesmo que ela não tenha nos dado tudo que queríamos, ela nos deu tudo que precisávamos. Gratidão também pelas decisões difíceis, que as vezes nos machucaram mas sempre foi para nosso bem. E gratidão por esse amor que não conhece limite. Que mesmo que a gente erre bastante, ela sempre nos recebe de braços abertos. Com amor. É o amor.

Mãe, vocês são guerreiras, são lindas e as melhores cada qual com sua particularidade. Cada qual com seus defeitos e qualidades. Mas como é que dizem mesmo? "Mãe é tudo igual, só muda o endereço." porque elas sempre sabem o que fazer quando chegamos com o primeiro coração partido, ou quando brigamos com uma amiga, ou até mesmo quando a gente não consegue aquilo que nos esforçamos muito. Parece que as mães tem um grupo no WhatsApp para partilhar essas situações e ajudar umas as outras haha.

Mas, eu como filha e futura mãe, espero ser um pouco do que vocês são. Espero que meus filhos sintam esse orgulho que sinto de vocês. E que eu possa entender sobre esse amor. Porque ser mãe é o mergulho mais intenso e incrível que se dá, é uma eterna descoberta do que é ser mãe... do que é ser amor.

Obrigada mamães, mães, manhê, mainhas e as rainhas. Em especial a minha mainha linda que é a melhor mãe, amiga, parceira de viagem, de foto, de conversa num sábado a noite, melhor professora e com certeza, é a melhor pessoa.
Essa é a Karen e sua mainha lindaa!

E indicamos a música mais linda da Ana Vilela - Trem Bala das mães