sexta-feira, 16 de junho de 2017

[Literariamente - Resenha] Poemas de Origami



Quem aqui gosta de poesia? Porque eu adoro e é sobre um livro recheado dessas coisinhas lindas que vamos falar! Poemas de Origami é o nome dele!



Título: Poemas de Origami
Autoras: Júlia Mikita e Isabella Pawlak
Páginas: 52
Editora: All Print
Nota:✩✩✩✩✩★
Sinopse: Poemas a sete mãos. Origami é uma arte milenar do Japão, que consiste na criação de formas através da dobradura de papéis, sem o uso de cortes. Poema é uma obra literária, que emociona e sensibiliza o leitor. Os Poemas de Origami representam a união da sensibilidade humana com a habilidade manual de poder criar formas apenas com um pedaço de papel; escritos a 7 mãos por duas jovens poetas- favorecendo a concentração, a paciência, a inspiração, a emoção, a dedicação, a composição e a satisfação pessoal de fazer algo realmente criativo entre centenas de dobraduras, versos, estrofes ou simplesmente prosa, repleta de sentimento, profundamente humana; sob os auspícios de paz e harmonia, das quatro estações do ano, que registram através de um haicai, o passar do tempo entre o céu e a terra, do Oriente ao Ocidente. São poemas do Brasil para o Japão, e do Japão para o mundo, oriundos do Porto de Santos, onde em 1908 aportou o navio Kasato Maru, trazendo a bordo os primeiros 781 imigrantes japoneses.

Em Poemas de Origamis há 5 divisões: verão, outono, inverno, primavera e Yoko, de Hiroshima. Cada início de capítulo se inicia com uma frase que nos dá uma noção do que virá.

Os poemas são simples, nada de rimas ou palavras difíceis, são singelos. É aquele famoso ditado: o menos é mais. Cada poema tem a ver com qual estação está inserido e trata de assuntos leves e difíceis, tais como: a perda, amor, amizade e esperança. Mas o principal, Poemas de Origami é um livro que nos traz paz.

Eu sou uma amante de Origami(mesmo que só saiba fazer o coração haha) e sei o quanto essa arte acalma, o quanto me acalma. Esse ano tive uma perda enorme, perdi minha vovó(que alias, tem um poema lindo sobre elas, as avós!) e enquanto estava indo para o funeral me vi fazendo vários corações. E, acredito que, a intenção do livro é justamente igual a dos Origamis: nos trazer paz e a certeza que tudo vai ficar bem!
Esse é o poema❤


A leitura é fluída por ser pequeno e ser poemas, pode ser lido numa viagem de metrôn no ônibus ou numa tarde livre. Mas leiam, porque vale a pena.

A capa é linda e por dentro, então nem se fala! O livro todo é impecável e deixo meus parabéns para a editora e as autoras que arrasaram nesse trabalho.

Meninas, por favor,escrevam mais!