sábado, 1 de julho de 2017

[Literariamente - Resenha] Apocalipse (Herança de Sombras 2)


Olá olá pessoas lindas! Tudo bem com vocês? Hoje eu trouxe a resenha do segundo livro da série Herança de Sombras, o 1° livro já foi resenhado e você pode ver aqui
Então vamos lá? Vamos!



Título: Apocalipse (Herança de Sombras 2)
Autora: Juliana Bizatto
Paginas: 313
Editora: Publicado Independente
Nota:✩✩✩✩✩★(perfeito/ favorito)
Sinopse: "As vezes a verdade é mais do que podemos suportar..."

Samantha sempre teve a impressão que Benjamin, era perigoso Benjamin sempre teve a certeza que seria perigoso... para ela.

Samantha está prestes a descobrir a verdade sobre a sua família e ainda que Samantha desconfie que algo sobrenatural a ronde, jamais ela pensaria que poderia ser ela mesma.

Algo que Benjamim sempre soube desde que chegou a Tormento. Enviado pela Ordem de Caçadores de Bruxas, ele tinha um único propósito: encontrar quem seria o responsável pelas mortes e acidentes misteriosos na cidade. Porém, ele que não conseguia imaginar que fosse se apaixonar à primeira vista pela principal suspeita.

Benjamim está convicto que Samantha é culpada, é mesmo que custe seu coração, agora ele e os outros caçadores estão prontos para invadir a Ilha Hoffer.

Um acordo secular capaz de tanto proteger quanto destruir, uma vingança que ainda não tem permissão para ser cumprida, e uma nova vida repleta de obstáculos que vão desafiar sua própria noção de realidade aguardam Samantha e sua família em Apocalipse — Segundo livro da Série Herança de Sombras.

As nuvens em Tormento estão se alinhando para uma nova tempestade. Se Samantha precisa morrer, a caçada vai começar.


Apocalipse começa na noite em que acontece o encontro das Hoffers e os Bellis.
Agora descobrimos o que há por trás das Hoffers, elas são bruxas. E não são bruxas quaisquer. Elas fazem parte da maior geração de bruxas, as Björin.
E os Bellis, na verdade são caçadores. Entendeu a gravidade da situação? Benjamim, responsável por matar bruxas, está apaixonado por uma.

"Ouvir isso da Vozinha, um observador externo, me fez perceber o quão patética estava minha situação: ter me apaixonado pelo meu próprio caçador."

Depois do encontro entre as duas famílias que tinha tudo para ser mortal, Sam entra em uma situação complicada. A pessoa por quem ela é apaixonada queria matá-la. Suas primas tem medo do que as consequências  dessa revelação pode trazer. E, caramba, ela é uma bruxa!

"Benjamin sempre teria esse efeito sobre mim, tão certo quanto o amanhecer de um novo dia."

Gente, mas eu preciso conta uma coisa para vocês: EU FIQUEI LOUCA QUANDO LI O FINAL DE LUXÚRIA. Em letras berrantes porque, tudo bem que eu tinha uma noção sobre o isso, mas foi muito UAU! Agora recuperada voltemos para a programação normal rs

Em Apocalipse também acompanhamos a saga de Sam para tentar controlar seus poderes e ainda esconder dos seus amigos que não sabem sobre sua nova condição. Sem contar, a ameaça que a ronda em casa esquina querendo matá-la.

"— Nada nunca volta ao normal depois de uma vez quebrado, nem mesmo com magia."

Com a entrada de personagens novos, segredos sendo revelados e muito mistério e aventura, Apocalipse é perfeito para quem gosta de livros que não para. Que a cada novo capítulo lidaremos com um novo acontecimento. E com aquele leve sofrimento, a lá Nicholas Sparks. Porque o que eu sofri com esse livro não está no gibi.

Devo dizer que Apocalipse superou e muito minhas expectativas. Depois de ler Luxúria, eu já tinha entendido um pouco sobre a história e o jeito da escrita da Ju, então me permiti criar expectativas altas com esse livro. E,  mais uma vez, a Ju super se superou.

Todas as aventuras, treinos, momentos de tensão, (a falta?) de romance, amizade e de descoberta veio trazendo a tona cada vez mais a essência de cada personagem. Podemos entender porque a Regi sempre foi mais dura, ou porque a Vozinha é tão protetora, ou porque a tia Leo sempre foi a mais sensata, ou até mesmo porque o Ben era tão misterioso.
A gatona da Sam


Apocalipse veio para matar nossa curiosidade antigas e abrir novas, porque né gente são muitas aventuras hahaha

E não vou nem falar do final. Parece que a Ju ama fazer seus leitores sofrerem com esses finais sem respostas. Mas gente, que finaaaal loucoooo! #JáQueroIra
O gatão do Ben😍

As cenas foram muito bem descritas, mais até que em Luxúria e me deu a sensação de estar no livro. E isso foi incrível. Apocalipse traz uma carga emocional muito grande e sofri muito, muito muito lendo!

Apocalipse segue a minha linha de tempo que Luxúria, os acontecimentos narrados acontecem logo após o final de Luxúria e isso para mim foi super legal da autora.
Porque é normal quando lemos alguma série, um livro sempre se separa de outro pelo tempo de um ano, mais ou menos. E em Luxúria e Apocalipse isso não acontece, os dois livros são no mesmo ano e eu adorei!

Super amei Apocalipse e tratando dos seus aspectos físicos, ele está maravilhoso! Seguindo a mesma linda de Luxúria, a capa ainda mantem a mesma ideia, só mudando a cor. Lindíssima igual! Não encontrei erros ortográficos e nem de enredo. Igual a Luxúria, o livro está impecável!

E foi isso gente, vamos agora esperar Ira e sofrer mais ainda haha

Lembrando que o lançamento virtual do livro será no dia 15/07, lá no Facebook e nesse mesmo dia estará aberta a pré-venda. Não percam!!

"Meu mundo tinha sido destruído duas vezes num intervalo de um mês, um apocalipse dentro do outro, e o pior é que este era apenas o princípio do fim."