[Literariamente - Resenha] Decrépitos

Hey! Pessoas bonitas, tudo bem?
Hoje é dia de trazer mais uma resenha para vocês e resolvi trazer de um livro que amei e que é super legal.

Decrépitos é o seu nome, e ele foi escrito pelo Fábio Mouráhj. Vem comigo ver o que achei :)



Título: Decrépitos
Autor: Fábio Mouráhj
Páginas: 472
Editora: Chiado
Nota: ✩✩✩✩★
Sinopse: "Em um futuro pós-apocalíptico, um vírus mortal, criado em meio à última guerra mundial, dizimou quase toda a humanidade, obrigando os sobreviventes a permanecerem protegidos dentro de cúpulas. Duas cidades se erguem então em meio a toda esta destruição: Adão, a primeira cidade e lar dos sábios e poderosos Elevados, seres com dons e poderes especiais; e Eva, a cidade da perdição, lugar onde vivem os Decrépitos seres marginais, produzidos em grande escala pelos humanos para satisfazerem todas as suas necessidades. É neste lugar que surge Loan, um jovem Decrépito que após ter seus dons despertos, acaba atraindo muita atenção com a intensidade de seu poder, inclusive dos poderosos Elevados de Adão. Descontrolado por causa dos acontecimentos que o levaram até seu despertar, Loan desenvolve seus dons de maneira perigosa, manifestando-os para punir aqueles que se colocam em seu caminho, equilibrando-se assim no limite entre o bem e o mal. Porém, os desafios e surpresas que o futuro reserva para Loan são ainda mais sombrios do que que se possa imaginar, pois existe uma ameaça desconhecida que se esconde nas sombras de Adão, e é em meio a este cenário que Loan se vê dentro do olho do furacão que ameaça o que restou da civilização humana."

Em Decrépitos somos apresentados a Loan, um garoto morador da cidade de Eva. Cidade essa que é considerada o lar da perdição. Em Eva moram os decrépitos, seres que foram produzidos para o bel prazer de seus "donos". Mas alguns deles tem seus dons despertados após um tempo. Loan é um desses.

"Ser desperto já era maravilhoso por ter a oportunidade de viver sem o controle dos humanos, mas aquilo era melhor ainda, era um presente, um dom que ele usaria para acabar com os constantes massacres de decrépitos e conseguir a liberdade dos criados. Agora, só faltava colocar isso em prática."

Após chamar atenção com seu dom peculiar, Loan é confrontado por Lukass(Lukassi) e a Doroth, que são Elevados, da Cidade de Adão. Os Elevados são pessoas que tiveram seu DNA alterado,fazendo que eles possuam poderes.

"Aquele lugar era a antítese [de Adão] de onde eles vieram, um lugar sem respeito aos diferentes, sem piedade aos fracos, um lugar sem amor. Deus não estava em Eva."

Após Loan ser levado para a Cidade de Adão, ele começa um treinamento para aperfeiçoar seus dons, na medida em que sua amizade com Doroth se desenvolve muito rapidamente.

"—Você deve ser a pessoa mais amada do mundo. As pessoas te amam e eu também amo você, Doroth"

Até que chega um ponto em que é preciso que os Cavaleiros da Ordem de São Jorge, no qual Lukass e Loan fazem parte, enfrentem grandes perigos e mistérios. E eles descobrem que não é possível confiar em todos.

"Não é a batalha que me empolga, meu caro Lázaross, é a história."

Devo dizer que eu AMEI Decrépitos. É um livro muito bem escrito, muito bem desenvolvido e envolvente. É daqueles livros que você entra fácil na história e fica tentando descobrir quem fez o quê. E eu amo histórias assim!

"Hoje não seremos condescendentes, seremos implacáveis"

Meu personagem favorito é Doroth, uma Elevada que está em processo para se tornar Santa. Mas ela é eloquente, sensata e maravilhosa!

O livro é dividido em 3 partes, totalizando 36 capítulos. O último capítulo é muito extenso, por isso digo que é bom você guardar um pouco de energia, porque, pessoa bonita, você vai super precisar!

Também sobre o final, EU AMEI barra ODIEI certo e acontecimentos, mas este último capítulo só mostra a genialidade do autor. Foi um final digno, de um livro digno!

Mal posso esperar pela sequência do livro!

Maria Paula de Barros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram