[Literariamente - Resenha] Duologia Contando Estrelas


Olá, pessoas bonitas! Tudo bem com vocês? Espero que sim!


Hoje apareço por aqui para falar de dois livros que fizeram meu coração se acalmar e lembrar o quanto eu sou masoquista e amo esses livros que me destroem totalmente. E pelo o que parece a Sinéia sabe muitooo bem escrever livros assim. Quer saber porquê? Vem ler a resenha :)



Resultado de imagem para duologia contando estrelasTitulo: Duologia Contando Estrelas
Autora: Sinéia Rangel
Páginas: 529
Editora: Independente
Nota: ★★★★★🌟 
Sinopse: Fera e Amber estavam ansiosas pelo nascimento do seu primeiro filho, mas de repente, os sorrisos foram substituídos por lágrimas, a ansiedade por apreensão, e aquele que seria o momento mais importante das suas vidas foi sufocado pela dor.Hope e Liam não tinham planos de ter filhos, seus sonhos seguiam em vias opostas e quando uma gestação inesperada se coloca em seus caminhos, eles precisam improvisar.Duas histórias entrelaçadas.Dois bebês que vão transformar a vida desses casais.Juntos eles vão aprender que dor e esperança podem caminhar juntas, e que você pode chegar ao fundo do poço, mas cabe a você se reerguer.

Por se tratar de uma duologia que conta a história de dois casais distintos, vamos primeiro falar do primeiro casal: Fera e Amber.

Fera, que na verdade se chama João Guilherme Allencar e é filho do JP e Hannah( tem resenha da história deles aqui), está na faculdade de medicina e por mais que o curso seja puxado, ele sempre arruma um jeitinho de conhecer novas meninas, se é que você me entende ;)

Na faculdade, ele se torna amigo do Gustavo, ou Guga, que acaba apresentando a Amber e por mais que eles tenham se gostado de cara, Amber não aceita ser mais uma e propõe um desafio: 3 meses sem sexo e eles sairiam. E não é que o menino Fera cumpriu?

Passados 12 anos, Fera e Amber ainda permanecem juntos em seu "não relacionamento" , só que o Allencar quer mais! Então ele faz um pedido de casamento e descobre que algumas feridas são maiores do que pensamos e a Amber ainda se sente insegura em relação a este passo tão importante.

Mas não pensem que a Amber é ruim, tá?  É que ela já sofreu muito na vida e acredita que se manter certas distâncias ela ficará bem. Ela não aguentaria outra perda tão importante em sua vida.Mas são 12 aninhos, minha gente, uma vida!

Falando em vida, em um momento oportuno, Amber descobre que está grávida e ela e fera não poderiam ficar mais felizes. Mas nem tudo é alegria, essa gravidez traz consigo muitas dores e lágrimas. Como pode uma dádiva como dá a vida a alguém trazer tanto sofrimento?


|"Ele é o meu porto seguro, os braços que me aconchegam nos momentos ruins, o corpo que me aquece e alimenta os meus desejos, a mente que conhece os meus sonhos e anseios, e o coração  que me ensinou que o amor é uma fonte inesgotável de esperança."|


Já indo para o segundo casal, descobriremos que nem tudo para a Hope e Liam foram flores (ou estrelas cadentes).

Hope desde pequena sonha em ser astronauta, sendo a garota prodígio que é, ela logo vê esse sonho se tornando realidade, só que antes de ganhar o universo, ela se apaixona por Liam, um garoto muito inteligente e para lá de lindinho.

Mulher, dona de si e pronta para realizar seus sonhos, Hope passa um ano em um experimento de isolamento e este, chegando ao fim, traz muito mais que o alivio e alegria de retornar para casa. Traz duvidas, incertezas e medo.

|"nós fizemos um longo percurso até chegarmos aqui, nem todos foram tranquilos, tivemos  momentos muitos ruins, momentos em que tive medo de fracassar, momentos onde pensei que não seria forte o bastante para fazê-la ficar conosco."|

Ler essa história me tocou de uma forma que poucos livros fizeram, A Sinéia aborda sobre vários temas importantes como a depressão pós-parto (DPP), eclâmpsia, estrupo, sobre o processo natural do amadurecimento, do amor em sua forma leve, intensa e plena, tudo isso com uma sensibilidade impressionante e uma escrita leve que me fez ler as mais de 500 páginas rapidinho, rapidinho.


O Fera é o mais romântico do grande Clã Allencar; Amber é uma mulher que aprendeu com as perdas a se fechar e assim, tentar viver sua vida; Hope é superinteligente e corre como ninguém atrás dos seus sonhos e o Liam, por mais que passe a imagem de inocente, ele sabe lutar por aquilo que acredita. Esses quatros nos mostram que a vida vai bater tão forte que você pode não ser capaz de enxergar uma saída, mas há. Sempre tem.

|"Acho que não tinha me dado conta do quanto a depressão tinha mexido com as minhas emoções, até que a venci."|


Não sei dizer qual foi minha história favorita entre as duas, acho que as duas fizeram bem seu papel de alertar contra as doenças que são mais recorrentes do que o normal , passaram perfeitamente a mensagem que no fim, tudo fica bem (ficar bem não quer dizer que tudo vai acabar como final de filme hollywoodiano, tá?). Nem preciso dizer que amei, né? Mas tudo bem, eu digo: EU AMEI!

|"Nós somos o nosso próprio universo. Um universo de sensações, únicas e indescritíveis."|

Acredito firmemente que toda vez que eu ler um livro da Sinéia com essa pegada mais dramática/chorosa/sofrência levarei um tempo para superar o turbilhão de sentimentos que me inundarão.  A Duologia conta com narração dividida entre os personagens, o que já é comum na escrita da autora; tem uma playlist bem lindinha, o que também é comum, e altas doses de cenas fofas que nos faz suspirar bastante.

|"ainda que exista um bilhão de estrelas entre nós, no meu coração seremos um."|

Eu recomendo demaaais essa baita obra linda e se você quiser adquirir a sua é só você clicar aqui!aqui!aqui e prontinho! Contar as Estrelas nunca será tão bom e te garanto, não ai criar verrugas, mas sim, esperança e muito amor no seu coração.


Ps: essa coisa da verruga é coisa que eu escutava da minha vózinha haha


Beijos e até a próxima, pessoa bonita! 💖

Maria Paula de Barros

18 comentários:

  1. A primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi a capa que esta lindíssima. Outro ponto que chamou a atenção foi o fato de a obra possuir um gênero dramático, ao ponto de nos emocionar, e nos prende a leitura do começo ao fim do livro, fazendo com as 500 páginas deslanche. E possível perceber que sentimos empatia pelos personagens, até pela temática forte, e de superação abordado na história, fazendo com que eu queira ler essa obra.

    VENHAM PARTICIPAR DO SORTEIO: kit da Tag Livros de fevereiro, O alforje, Bahiyyih Nakhjavani
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii!

    Não conhecia as obras e já quero. Assim como você as vezes eu gosto de sofrer hahaha Gostei do enredo da autora, parece ser bem escrito e envolvente. Do jeito que eu gosto!
    Dica anotada!

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Espero que possa ler em breve e se apaixonar!

      Beijos!

      Excluir
  3. Olá, como vai?
    Não conhecia esse livro mas, ele tem uma capa muito chamativa e interessante.
    Ultimamente estou fugindo de ler trilogias e duologias, mas, sua resenha me deixou interessada em saber como continua a história.

    Beijos e Abraços VIVI
    http://vickyalmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca li nada da autora, mas já vi alguns comentários falando muito bem dos livros dela. Gostei de ver a sua opinião sobre a duologia e até fiquei curiosa para ler também.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esses livros, mas gostei da sinopse e fiquei interessada em conhecer melhor esses casais e suas histórias.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Confesso que nunca tinha ouvido falar dessa duologia até então, mas essa é a graça de visitar outros blogs, não é mesmo? adorei a premissa e acho que vou adorar essas histórias também. Entrando para a listinha!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Falou de sofrimento eu já quero haha tá pra nascer pessoa que ame mais sofrer do que eu hahaha Não conhecia a duologia mas já vou dar uma procurada, tem os elementos certos pra me conquistar.

    ResponderExcluir
  8. Pela resenha já pude notar o quão tocante é a estória contida nos livros. A leveza da escrita e o tato da autora em abordar assuntos tão importantes. Claro que o fato de contar estas estrelas e sair ilesos as verrugas é muito importante rsrs, também falamos isso por aqui. adorei conhecer um pouquinho da escrita da Sinéia.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Não conhecia, parece ser uma boa história, só não vou à caça por que estou em contenção de gastos rs

    ResponderExcluir
  10. Amei sua resenha e já fiquei com vontade de ler as duas histórias. Gostei dos perfis dos casais protagonistas, dos temas abordados e do enredo, com certeza vou correndo ler (mas prepararei meu psicológico também pra não sofrer muito, rsrs).

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Não conhecia o livro, mas queria dizer que com sua resenha fiquei maravilhada pelas histórias. São "opostas" e isso por si só me atrai, sabendo que os enredos são bons, me deixou mais curiosa ainda. Dica anotada <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esses livros e nem a autora. Gostei de ambas as histórias e, principalmente, dos temas importantes que elas abordam. Pelos seus comentários, acredito que seja uma leitura muito intensa e repleta de sentimentos, o que sempre acho interessante.
    Adorei a resenha e já anotei a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Ooii tudo bem ?
    Não conhecia a história fiquei bem interessada no livro irei pesquisar sobre ele
    .

    Bjs Bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Não conhecia essa leitura que realizaste, mas achei as histórias bem intensas e retratadas de forma sensível. Essa capa está muito bonita e me agradaria conhecer essa leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Que imagem linda que você colocou! Me chamou mais a atenção do que a capa, que também é linda! Não conhecia a obra, mas a autora já tinha ouvido falar. Amei sua resenha! Estou super curiosa para conhecer esta estória, que me pareceu super envolvente e emocionante! Obrigada pela dica e já está na lista!
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá, eu não conhecia o livro e nem a autora, mas pelos seus comentários parece ser um romance bem bacana *-* Dica anotada.

    ResponderExcluir
  17. Ola
    Amo os livros da Sinéia, ela sempre no mostra temas tão reais, e quase nunca abordados. Tenho Rafani, Café Com Amor e Bem Me Quer que amo de paixão. Estou louca para ler os outros livros dela.
    Adorei sa resenha,
    Bjus

    ResponderExcluir

Instagram